24 e 25 de outubro
São Paulo - Brasil
Maksoud Plaza

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

outubro 25, 2017

Segundo dia da Web.br debate AI e igualdade de gêneros

Temas como gamificação, blockchain, IoT, segurança de dados e publicações digitais também [...]

outubro 24, 2017

Confira os destaques do primeiro dia da Webbr2017!

Temas como inteligência artificial, chatbots, fakenews, mineração de dados, performance na we [...]

outubro 18, 2017

WebVR: a realidade virtual no seu navegador

Nós já falamos sobre realidade virtual

Palestrantes

Palestrante - Ronan Damasco Ronan Damasco

Diretor Nacional de Tecnologia da Microsoft

Palestrante - Cristina Tardáguila Cristina Tardáguila

Diretora na Agência Lupa

Palestrante - Wagner Meira Jr Wagner Meira Jr

Professor de Ciência da Computação da UFMG

Palestrante - Carla de Bona Carla de Bona

Designer, Speaker and Entrepreneur

Palestrante - Sérgio Lopes Sérgio Lopes

Instrutor e desenvolvedor na Alura e Caelum

Palestrante - Dionathan Nakamura Dionathan Nakamura

Analista de Projetos de Segurança no CERT.br/NIC.br

Palestrante - Lucimara Desiderá Lucimara Desiderá

Analista de Segurança no CERT.br / NIC.br

Palestrante - Alecio Binotto Alecio Binotto

Pesquisador do IBM Research

Palestrante - André Salem André Salem

Pesquisador do IBM Blockchain

Palestrante - Percival Lucena Percival Lucena

Pesquisador do Laboratório da IBM Brasil

Palestrante - Bianca Brancaleone Bianca Brancaleone

UX Specialist na GS Solutions e Eu Compraria

Palestrante - Isabella Silveira Isabella Silveira

Developer na Work & Co

Palestrante - André Garzia André Garzia

Fundador da Amora Labs

Palestrante - Caroline Burle Caroline Burle

Relações Institucionais do Ceweb.br e do W3C Brasil

Palestrante - Jamila Venturini Jamila Venturini

Assessora técnica das atividades do CGI.br

Palestrante - Bruno Bioni Bruno Bioni

Assessor jurídico do NIC.br

Palestrante - Luiz Carneiro Luiz Carneiro

Pesquisador associado do CS: Games/PUCSP

Palestrante - Diogo Cortiz Diogo Cortiz

Pesquisador no W3C Brasil e Ceweb.br

Palestrante - Newton Calegari Newton Calegari

Pesquisador no Ceweb.br

Palestrante - Rafael Sá Rafael Sá

Analista de Sistemas na Nimbi

Palestrante - José Fernando Tavares José Fernando Tavares

Fundados da Booknando

Palestrante - Gabriela Dias Gabriela Dias

Fundadora do coletivo AED

Palestrante - Clécio Bachini Clécio Bachini

Sócio da Soyuz e Diretor do UXPA-SP

Palestrante - Javiera Macaya Javiera Macaya

Analista no Cetic.br/NIC.br

Palestrante - Alex Braz Alex Braz

Fundador do StarLabs

Palestrante - Guilherme Rabello Guilherme Rabello

Gerente Comercial da InCor

Palestrante - Fulvio Xavier Fulvio Xavier

Co-fundador da Smartchains - Blockchain

Palestrante - Nathalia Sautchuk Nathalia Sautchuk

Assessora Técnica do CGI.br

Palestrante - Nathalia Sautchuk Nathalia Sautchuk

Assessora Técnica do CGI.br

Palestrante - Caroline Burle Caroline Burle

Relações Institucionais do Ceweb.br e do W3C Brasil

Palestrante - Jamila Venturini Jamila Venturini

Assessora técnica das atividades do CGI.br

Palestrante - Marina Limeira Marina Limeira

Analista de Sistemas na Bionexo

Palestrante - Alda Rocha Alda Rocha

Consultora sênior UX/UX Researcher e instrutora de UXD, HTML e CSS

Palestrante - Edu Agni Edu Agni

Fundador da Mergo User Experience

Palestrante - Horacio Corral Horacio Corral

Gerente de contas da Bookwire

Palestrante - Amanda Ramalho Amanda Ramalho

Coordenadora do Projeto SciELO

Palestrante - Thiago Mittermayer Thiago Mittermayer

Docente da PUC-SP

Palestrante - Rodrigo Arrigoni Rodrigo Arrigoni

Mestre em semiótica pela PUC-SP

Palestrante - Caio Lucena Caio Lucena

CEO da VR4BI

Palestrante - Vagner Diniz Vagner Diniz

Gerente do Ceweb.br e W3C Brasil

Palestrante - Hartmut Richard Glaser Hartmut Richard Glaser

Secretário executivo do CGI.br

Trilhas

Trilhas

24 de outubro

  • Snow Crash (Teatro)

    • Credenciamento 08:00 - 9:00
    • Abertura 09:00 - 09:30
    • Keynote

      O futuro da telexistência

      A Telexistência vem sendo estudada nas últimas 3 décadas com base em técnicas avançadas de realidade virtual. Nos últimos anos, expandiu-se para sistemas "master-slave" robotizados em pequena escala, experiências de realidade virtual com braços virtuais aplicados, sistemas de telexistência onipresentes e aplicações de telexistência do mundo real. Surgiram muitos desafios em aplicações que exigem transmissão de áudio/vídeo em tempo real e telexistência na Internet. Nesta conversa eu gostaria de discutir sobre algumas das aplicações de telexistência do mundo real, como construção remota, resgate e vigilância de telexistência, passando pelos desafios e concluindo com a direção futura da pesquisa de telexistência e suas aplicações.

      Charith Fernando 09:30 - 10:15
    • Coffee-break 10:15 - 10:45
    • Keynote

      Internet e o Futuro da Web

      Em breve

      Demi Getschko 10:45 - 11:30
    • Keynote

      Multi-sensorial VR: exploring feelings and experiences

      Somos seres sensoriais, constantemente recebendo informações através de todos os nossos sentidos para formar a nossa percepção do mundo que nos rodeia. Então por que contamos histórias apenas para os olhos e ouvidos do nosso público? Grace faralá sobre "The Feelies", a primeira casa de produção de Realidade Virtual multissensorial, e seu trabalho para desenvolver linguagens emocionais e sensoriais de sentimentos e contando histórias para todos os nossos sentidos.

      Este ano, o projeto "The Feelies" lançou a experiência Munduruku, um projeto premiado, em parceria com o Greenpeace e a AlchemyVR, que conta a história dos povos indígenas da Amazônia brasileira e sua luta para demarcar suas terras e proteger a selva do desmatamento.

      Nesta palestra, Grace apresentará seu processo de escrita, filmagem e realização da história em um meio multissensorial, interpretação de crossmodal e psicologia da percepção em um formato artístico para tentar construir pontes em distâncias de geografia e cultura.
      Ao longo dos dois anos de criação do projeto, a equipe criou um mapa sensorial da floresta amazônica e do rio Tapajós. Criou seis perfumes sob medida, uma trilha sonora infraestrutural e uma narrativa de calor e vento, bem como a concepção de Realidade Virtual multisensoriais que podem ser levados para diferentes locais.

      A experiência Munduruku foi lançada com uma exposição de um mês, em São Paulo, em junho 2017, na qual o Ceweb.br teve participação. Duas mil pessoas passaram pela experiência, e desde então foi mostrada nos EUA e no Reino Unido. Até agora, ganhou os prêmios "Alternate Realities Audience Award at Sheffield Doc" / "Fest, the award for Best Social Impact VR" no Festival Raindance, em Londres, e o "People's Choice Award" no Festival de StoryTelling Festival em Nova York.

      Grace Boyle 11:30 - 12:15
    • Almoço 12:15 - 14:00
    • Workshop: Performance de Renderização e Execução na Web

      Tradicionalmente quando pensamos em performance de sites Web, pensamos em quão rápido ele carrega. Isso é essencial, claro, mas performance não para por aí. Num mundo de WebApps cada vez mais complexas, precisamos pensar em performance de execução, renderização, animação, interação e mais. Nesse workshop, vamos deixar o load de lado e ver alguns cenários de performance depois que sua página já foi carregada.

      Sérgio Lopes 14:00 - 16:00
    • Coffee-break 16:00 - 16:30
    • Workshop: Vídeo 360º

      Informações em breve.

      Diogo Cortiz e Newton Calegari 16:30 - 18:00
  • Neuromancer (São Paulo)

    • Blockchain: Conceitos Básicos e Aplicações da Tecnologia

      A palestra abordará os conceitos básicos da tecnologia de Blockchain e os cenários mais típicos onde a tecnologia tem se mostrado benéfica. Além disso abordará a estratégia e roadmap de produtos da Microsoft para essa tecnologia.

      Ronan Damasco 14:00 - 14:40
    • Justiça, Transparência e Responsabilidade na Mineração de Dados Web

      A Web tem sido um vetor de profundas mudanças da nossa sociedade, pela facilidade não somente de acessar seus conteúdos, mas também de gerá-los e disseminá-los. Exemplos de serviços web são vídeos online, jogos e redes sociais. Temos também observado uma crescente oferta de serviços inteligentes que, entre outras tarefas, auxiliam os usuários a localizar, entender e analisar automaticamente a web. Esses serviços são baseados em algoritmos de mineração de dados e áreas afins, como aprendizado de máquina e inteligência artificial. Além de discussões sobre a eficiência e a efetividade desses serviços, há uma preocupação crescente sobre a justiça, a transparência e a responsabilidade associadas a esses algoritmos, o que é o ponto de partida desta palestra. Justiça compreende garantias de que os algoritmos não são tendenciosos ou mesmo discriminatórios, mesmo quando matemática e computacionalmente corretos. Transparência é a propriedade de produzir explicações inteligíveis sobre os modelos gerados. Responsabilidade compreende a identificação das entidades, humanas ou não, que devem assumir as consequências da execução desses algoritmos. Assim, nesta palestra vamos conceituar e caracterizar algoritmos de mineração de dados Web em relação ao quanto são justos, transparentes e responsáveis, e apresentar estratégias que garantam essas características sem que isso signifique afetar outros requisitos como precisão, efetividade e manutenção de privacidade. Também vamos apresentar vários exemplos no contexto de web.

      Wagner Meira Jr 14:40 - 15:20
    • Fact-checking: informação de qualidade e oportunidades de trabalho na Era Digital

      Por que checar antes de publicar ou compartilhar uma informação?
      Primeiro, porque é nosso dever como cidadão. Porque o volume de informações de má qualidade é enorme, principalmente na internet. Porque o jornalismo enfrenta uma crise econômica com a redução das redações. Porque falta gente para fazer esse trabalho. Porque o canal - um dos pontos fixados pela Teoria da Comunicação - se encurtou brutalmente em decorrência das conexões digitais. Porque as pessoas estão a apenas 140 caracteres de distância umas das outras e o poder de influência é cada vez maior. Porque quem tem acesso a boas informações costuma tomar
      decisões mais acertadas na vida. E - finalmente - porque qualquer um pode ser vítima de notícia falsa. E notícia falsa mata - como aconteceu com Fabiane de Jesus, 33 anos, mãe de duas filhas. Em 2014, Fabiane foi espancada até a morte por seus vizinhos no Guarujá, litoral de São Paulo, acusada de sequestrar crianças para rituais de magia negra, após boatos espalhados pela internet.

      Um futuro promissor
      O fact-checking surgiu antes do boom da internet e das redes sociais. Hoje, esta habilidade é tida como um diferencial nos principais meios de comunicação do mundo. Em grandes empresas, há vagas de trabalho para quem sabe combater a desinformação de forma técnica e ética. Isso sem falar dos políticos, que dificilmente enfrentarão novas eleições sem um fact-checker ao lado. Esteja, portanto, preparado para essas oportunidades que a checagem de dados oferece.

      Cristina Tardáguila 15:20 - 16:00
    • Mesas redondas

      Nas mesas redondas serão debatidos os temas Blockchain, Algoritmos e Fake News. A proposta é colocar os participantes do evento não apenas como espectadores das palestras mas como protagonistas das discussões, proporcionando um debate informal no qual poderão ser expostos seu ponto de vista, questionamentos, indagações e o que mais vier a sua cabeça, contribuindo não só para o evento mas também para reflexão dos temas.

      Caroline Burle, Jamila Venturini, Nathalia Sautchuk e Vagner Diniz 16:30 - 17:30
    • Apresentação das mesas

      Apresentação das mesas redondas.

      Caroline Burle, Jamila Venturini, Nathalia Sautchuk e Vagner Diniz 17:30 - 18:00
  • Ubik (Brasil)

    • Crie sua própria realidade utilizando A-frame

      A aposta da Mozilla para realidade virtual é o A-frame, um framework JS que te permite utilizar o que você já conhece sobre o DOM e HTML para criar novas experiências direto do browser. Irei te dar uma introdução sobre como esse framework funciona e como dar seus primeiros passos.

      Marina Limeira 14:00 - 14:40
    • Oi, quer tc? Quando a conversa é a interface, o desafio é projetar personalidades

      Atualmente, as plataformas virtuais de conversação ainda não têm a voz da Scarlett Johansson e estão longe do nível de realidade da série Black Mirror. Ainda sim, os experimentos já postos a prova estão evoluindo rapidamente e cada vez mais as experiências conversacionais terão um impacto real na vida das pessoas. Pode ser que você ainda não tenha precisado projetar uma interface conversacional, mas o fato é que se todas as tendências se provarem verdadeiras, eu, você e todos os UX designers iremos projetar um chatbot cedo ou tarde.

      Tendo esse panorama em vista, o objetivo desta palestra é fazer apontamentos sobre o que devemos levar em conta quando formos desenhar uma boa conversa. Como criar o modelo de interação que faça sentido em torno de uma interface conversacional? E a mais ainda, quando a conversa é a interface, a experiência se dará na escolha das palavras certas para aquele contexto e o desafio do UX designer passará a ser projetar personalidades para as interfaces conversacionais.

      Carla de Bona 14:40 - 15:20
    • Projetando interfaces inteligentes: Machine Learning como ferramenta de personalização

      Pense em um mundo perfeito onde cada usuário tem uma experiência totalmente única e customizada para o seu próprio perfil; desde publicidade até conteúdo. Tão personalizada que a própria aplicação sabe das suas necessidades e objetivos a ponto de otimizar o tempo de navegação e taxa de conversão em sites de e-commerce. Impossível? Absolutamente não. Descubra como criar aplicações direcionadas a cada perfil de usuário de forma automatizada e, o melhor de tudo, usando nosso tão adorado JavaScript.

      Isabella Silveira 15:20 - 16:00
    • Mesas redondas

      Nas mesas redondas serão debatidos os temas Código, UX e Machine Leaining. A proposta é colocar os participantes do evento não apenas como espectadores das palestras mas como protagonistas das discussões, proporcionando um debate informal no qual poderão ser expostos seu ponto de vista, questionamentos, indagações e o que mais vier a sua cabeça, contribuindo não só para o evento mas também para reflexão dos temas.

      Alda Rocha, Edu Agni, Isabella Silveira e Marina Limeira 16:30 - 17:30
    • Apresentação das mesas

      Apresentação das mesas redondas.

      Alda Rocha, Edu Agni, Isabella Silveira e Marina Limeira 17:30 - 18:00
  • Neverwhere (Goiás)

    • Workshop: Programação segura para Web

      Desenvolvimento de software seguro é uma preocupação geral para as empresas. Quando se trata de programação para Web, isso se torna ainda mais imprescindível. Nesse workshop vamos falar de desenvolvimento Web, abordando os erros mais comuns. Com exemplos práticos, o participante vai ter oportunidade de ele mesmo consertar o problema, protegendo o sistema das vulnerabilidades encontradas. A linha guia do curso será a lista de vulnerabilidades do Top 10 da OWASP.

      Requisitos mínimos:
      --- nível básico de HTML
      --- nível básico de PHP
      --- apenas noções de SQL

      Requisitos computacionais:
      --- um computador
      --- uma IDE/editor de texto para PHP
      --- um navegador
      --- XAMPP instalado (para PHP e MySQL)

      Dionathan Nakamura 14:00 - 16:00
    • Workshop: Design Sprint – resolva problemas e teste soluções em 5 dias

      nesse workshop teremos uma introdução do que é o Design Sprint e passaremos pelos principais passos da metodologia que com uma semana de duração consegue levantar os principais pontos de um problema, propor soluções e testar com usuários.

      Bianca Brancaleone 16:30 - 18:00

25 de outubro

  • Snow Crash (Teatro)

    • Workshop: Blockchain para muito além de criptomoedas – parte 1

      O workshop sobre blockchain, liderado por pesquisadores da IBM Research, trará atividades práticas para que você entenda os conceitos básicos da tecnologia e desenvolva sua primeira aplicação.

      Alecio Binotto, André Salem, Percival Lucena, Alex Braz, Guilherme Rabello e Fulvio Xavier 09:00 - 11:00
    • Coffee-break 11:00 - 11:30
    • Workshop: Blockchain para muito além de criptomoedas – parte 2

      O workshop sobre blockchain, liderado por pesquisadores da IBM Research, trará atividades práticas para que você entenda os conceitos básicos da tecnologia e desenvolva sua primeira aplicação.

      Alecio Binotto, André Salem, Percival Lucena, Alex Braz, Guilherme Rabello e Fulvio Xavier 11:30 - 13:00
    • Almoço 13:00 - 14:45
    • Keynote

      Imersão, Interação e Inclusão

      Você está se preparando para construir e consumir as interfaces digitais dos próximos anos? Dispositivos sem telas, assistentes controlados por voz e interfaces em 360 graus sem janelas são algumas das promessas que já começam a fazer parte do nosso dia a dia, e que têm um grande potencial de interação e inclusão. O objetivo desta palestra é estimular o questionamento se estamos considerando o acesso de todas as pessoas em um novo ambiente virtual que requer um conceito diferente de interação entre o ser humano e a interface digital.

      Reinaldo Ferraz 14:45 -15:30
    • Keynote

      Contribuindo para o equilíbrio de gênero na tecnologia

      Tanara Lauschner, professora Universidade Federal da Amazônia debaterá sobre a igualdade de gênero na tecnologia. Tanara apresentará alguns aspectos culturais que resultam no baixo número de mulheres que se matriculam em cursos relacionados à área de TI.

      Tanara Lauschner 15:30 - 16:15
    • Coffee-break 16:15 - 16:45
    • Keynote

      Fairness in AI and impact on VR

      Inteligência Artificial e Realidade Virtual podem ser aplicadas juntas para produzir tecnologias capazes de detectar identidade de pessoas em tempo real, gerando possibilidade inúmeras possibilidades de interação, além de contribuir para criar ambientes de telepresença em videoconferência. Como IA depende muito dos dados e estes nunca são perfeitamente imparciais, a discriminação pode ocorrer nos modelos de aprendizagem de máquina. Alguns modelos de reconhecimento de imagem não são capazes de capturar com precisão pessoas com tons de pele mais escuros, resultando em uma experiência falha, por exemplo, em uma transmissão de videoconferência, . Vamos ver nesta apresentação como algumas empresas de tecnologia estão lidando com esta questão e também o que cada um de nós pode fazer para garantir que modelos de inteligência artificial sejam justos.

      Onome Ofoman 16:45 - 17:30
    • Encerramento 17:30 - 18:00
  • Neuromancer (São Paulo)

    • Panorama das publicações digitais no Brasil

      Informações em breve.

      Clécio Bachini e Gabriela Dias 09:00 - 09:40
    • Insight e inovação: como a ficção científica pode ajudar na criação de cenários futuros

      O que é insight? Como ele difere da inspiração, e como ele pode ajudar você a inovar? Através da literatura e do cinema de ficção científica podemos aprender a prever e gerar cenários futuros.

      Fabio Fernandes 09:40 - 10:20
    • Crawling e inteligência artificial: o novo jogo da imitação.

      Informações em breve.

      Rodrigo Arrigoni 10:20 - 11:00
    • Mesas redondas

      Nas mesas redondas serão debatidos os temas Publicações Digitais, Realidade Virtual e Inteligência Artificial. A proposta é colocar os participantes do evento não apenas como espectadores das palestras mas como protagonistas das discussões, proporcionando um debate informal no qual poderão ser expostos seu ponto de vista, questionamentos, indagações e o que mais vier a sua cabeça, contribuindo não só para o evento mas também para reflexão dos temas.

      Amanda Ramalho, Caio Lucena, Thiago Mittermayer e Rodrigo Arrigoni 11:30 - 12:30
    • Apresentação das mesas

      Apresentação das mesas redondas

      Amanda Ramalho, Caio Lucena, Horacio Corral, Thiago Mittermayer e Rodrigo Arrigoni 12:30 - 13:00
  • Ubik (Brasil)

    • Workshop: Do 0 ao IoT: Quatro experimentos para aprender a Internet das Coisas

      Nessa oficina desenvolveremos juntos quatro experimentos: vamos sair do zero até termos uma solução IoT completa. Nossos experimentos serão práticos e participativos. Vamos colocar a mão na massa e com o poder do JS e da plaquinha Tessel 2, desbravaremos o caminho das pedras da Internet das Coisas. Ao final das nossas atividades, você terá uma nova visão sobre IoT e saberá onde e como buscar mais informações para construir, no futuro, suas próprias criações.

      André Garzia 09:00 - 11:00
    • Mesas redondas

      Nas mesas redondas serão debatidos os temas Dados Abertos, Segurança em IoT e Proteção de Dados Pessoais. A proposta é colocar os participantes do evento não apenas como espectadores das palestras mas como protagonistas das discussões, proporcionando um debate informal no qual poderão ser expostos seu ponto de vista, questionamentos, indagações e o que mais vier a sua cabeça, contribuindo não só para o evento mas também para reflexão dos temas.

      Bruno Bioni, Jamila Venturini, Lucimara Desiderá, Nathalia Sautchuk e Rafael Sá 11:30 - 12:30
    • Apresentação das mesas

      Apresentação das mesas redondas

      Bruno Bioni, Jamila Venturini, Lucimara Desiderá, Nathalia Sautchuk e Rafael Sá 12:30 - 13:00
  • Neverwhere (Goiás)

    • Como aplicar as Boas Práticas para Dados na Web?

      Debateremos de forma dinâmica e interativa com os participantes sobre a implementação do mais recente padrão do W3C "Boas Práticas para Dados na Web - DWBP". São 35 Best Practices que facilitam a vida dos publicadores e dos consumidores de dados na Web. A equipe do NIC.br que aplicou as Boas Práticas no processo de publicação de dados do Cetic.br mostrará como utilizar esse padrão.

      Caroline Burle, Rafael Sá e Javiera Macaya 09:00 - 09:40
    • Segurança em IoT: o pecado está no básico.

      Informações em breveA Internet das Coisas (IoT) já é realidade em diversos setores que fazem uso de dispositivos conectados como carros, câmeras, drones, TVs, robôs, dispositivos médico-hospitalares, roteadores wi-fi, etc. Todavia, a maioria dos dispositivos IoT não foi projetada com segurança em mente. Em grande parte, a indústria de hardware não tem a visão de segurança de software e repete erros primários que levam à produção de dispositivos vulneráveis, que por conseguinte, são "recrutados" para fins maliciosos como, por exemplo, ataques de negação de serviço, envio de spam, furto de credenciais, além de invasão de privacidade. Diminuir as possibilidades de ataques usando web/IoT depende da atenção com requisitos básicos, especialmente de autenticação e sigilo/privacidade.

      Lucimara Desiderá 09:40 - 10:20
    • Imersão e transcendência: Proteção aos Dados Pessoais

      Esse painel promoverá um debate sobre as questões latentes relativas à proteção aos dados pessoais, considerando a Web além do browser e novas formas de interação emergentes. Será abordado como essa temática interfere no dia a dia dos desenvolvedores e usuários da Web.

      Bruno Bioni e Jamila Venturini 10:20 - 11:00
    • Workshop: Games e Gamificação: modelos criativos para o planejamento de experiências de imersão

      Games são, como se sabe, a linguagem interativa por excelência. Dentro desse contexto, seus parâmetros estéticos e sua arquitetura narrativa podem e devem ser pensados como templates literais e ao mesmo tempo elásticos para a construção de experiências sensoriais e simbólicas de profundo impacto, nos mais variados nichos. Portanto, esta oficina oferece uma visão geral de game concepting e dos átomos de games, para a produção in loco de drafts de qualquer tipo de experiência imersiva que os participantes desejem produzir.

      Luiz Carneiro 11:30 - 13:30

Atividades paralelas

24 de outubro

    • Chatbots, usando a ferramenta Botpress

      Rodrigo Nascimento

      10:20 -10:40

    • Estudo de caso do rapaz tatuado na testa: "eu sou ladrão e vacilão ". Abordagem dos aspectos legais, éticos e educacionais.

      Adriano Augusto Fidalgo

      10:20 -10:40

    • Lugar de mulher é onde ela quiser

      Viviane Santos França

      16:05 - 16:25

    • Sistema de Busca em Libras

      Elias Frederique de Melo Fernandes

      16:05 - 16:25

25 de outubro

    • A jornada de um programador Daltônico

      Airton Zanon

      10:20 -10:40

    • Promovendo o Patrimonio Historico com Realidade Virtual na Web

      caio cardoso lucena

      10:20 -10:40

inscrições

Faça a sua inscrição e fique por dentro das inovações e tendências Web com os melhores palestrantes nacionais e internacionais!

A Web.br é o local perfeito para trocar experiências e ficar por dentro das novidades do mercado.

Durante o evento R$ 350,00

24 e 25 de outubro
São Paulo - Brasil
Maksoud Plaza

SOBRE A CONFERÊNCIA