A Web na era da computação cognitiva

Destaques

 

Oficinas

 
Palestrante - Carolina Bigonha

Desenhando projetos de dados e Inteligência Artificial

com Carolina Bigonha

Carolina é cientista de computação, co-fundadora da Hekima, empresa de tecnologia focada em soluções de Inteligência Artificial que já apoiou mais de 100 organizações na tomada de decisão baseada em dados. É Global Shaper, uma iniciativa criada pelo Fórum Econômico Mundial, e co-fundadora do Em Perspectiva, uma iniciativa que visa promover uma narrativa positiva, inclusiva, ética e responsável para Inteligência Artificial no Brasil.

Palestrante - Hendy Almeida

CSS para PWA: o necessario para começar hoje

com Hendy Almeida

Hendy atua com desenvolvimento web há 4 anos, adora front-end e se aventura no back-end. Formada em Sistemas para Internet, atuou em diferentes tipos de empresas, além de ter experiência como freelancer desde que se tornou programadora. Motivada a empoderar pessoas a evoluírem junto com a tecnologia e mostrar o impacto que podem causar no mundo

Palestrante - William Daflita

Acessibilidade na era dos Frameworks JS

com William Daflita

Autodidata por natureza, atua há 13 anos na área de desenvolvimento web, 7 deles dedicados à programação acessível, sua especialidade. Trabalha como Coordenador de Tecnologia na Espiral Interativa, agência digital focada na comunicação de causas e projetos de impacto social, é Líder de Desenvolvimento do Movimento Web para Todos, que reúne mais de 25 organizações em prol da acessibilidade digital, e Membro do Grupo de Trabalho de Acessibilidade na Web do W3C Brasil.

Palestrante - Heloisa Candello

Métodos de Design e Avaliação de Sistemas de Conversação

com Heloisa Candello

Heloisa Candello, Ph.D. é pesquisadora e designer de interação no grupo Conversational Intelligence do laboratório da IBM Research no Brasil. Ela é doutora em Ciências da Computação pela University of Brighton – Reino Unido. Heloisa lidera e projeta novas e extraordinárias experiências de usuário no contexto de sistemas conversacionais. Sua pesquisa resultou em várias publicações nas principais conferências da área de Interação Homem-Computador (CHI, CSCW, DRS, DUXU) e reconhecimento no campo de IHC e Design.

Palestrante - Felipe Do E. Santo

Construindo cenas de realidade virtual na web em 10 minutos!

com Felipe Do E. Santo

Professor, desenvolvedor web e voluntário da Mozilla movido pela inovação. Mestrando em Educação e Processos formativos pela Unesp, especialista em Gestão e Governança de TI e Graduado em Processamento de Dados, atualmente é docente na FATEC Taquaritinga e participa da comunidade brasileira da Mozilla desde 2015, onde faz parte do programa Tech Speakers, Mozilla Rep e é coordenador regional no Mozilla Campus Clubs.

Palestrante - Sofia Marshallowitz Apuzzo

Envenenando aprendizado de machine learning

com Sofia Marshallowitz Apuzzo

Interessa-se por qualquer coisa que envolva dados, matemática e (quebrar) segurança. Trabalha desenvolvendo tecnologias aplicadas ao Direito na Opice Blum Advogados Associados.Tem certificações na área de Ethical Hacking e computação forense, é estudante de Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e de Ciência e Tecnologia com ênfase em Engenharia de Informação pela Universidade Federal do ABC.  Coordena o capítulo paulista do Legal Hackers, escreve artigos, realiza palestras pra comunidade dev e possivelmente já encontrou teus dados em algum vazamento.

Palestrante - Marcelo Sales

Aplicando a WCAG em projetos de inteligência artificial

com Marcelo Sales

Designer, atuando há quase 20 anos com produtos digitais. Já atuou em diversas disciplinas de design, tais como gráfico, embalagem, motion e digital. Há 10 anos no Itaú Unibanco, atualmente na superintendência de UX com foco 100% em acessibilidade. Idealizador do projeto Todos por Acessibilidade e também do canal “Todos por Acessibilidade” no Youtube. Articulista no Tableless, UX.blog e UX Collective BR. Membro do GT de Acessibilidade do W3C Brasil.

Palestrante - Andrea Romaoli Garcia

O grande desafio para o Pacto Global após 2030

com Andrea Romaoli Garcia

Embaixadora das Nações Unidas contra a fome e pobreza. Como advogada, palestrante e pesquisadora, ela adquiriu conhecimentos como especialista em tecnologia Blockchain atuando na economia digital, sendo também líder global pela Nações Unidas para a defesa mundial da democracia e eleições dentro dos princípios dos Direitos Humanos. Ainda coordena a Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável na Africa e é conselheira na ICANN.

Palestrante - José Fernando Tavares

Acessibilidade e semântica nas publicações digitais em formato ePub3

com José Fernando Tavares

Fundador da Booknando Livros, morou e se formou na Itália onde viveu por 20 anos. Desde 2008 se dedica aos livros digitais e às técnicas de produção do formato ePub atuando como palestrante e instrutor de cursos de produção. Deu treinamentos e palestras em várias universidades brasileiras e palestrou em grandes eventos. Participa do Brazilian Publishing Community Grou do W3C Brasil, Atualmente se dedica à pesquisa sobre acessibilidade e semântica aplicadas aos formatos de livros digitais.

Grade

 

04 de Outubro

  • Rachael

    • 09:00 - 10:30 William Daflita

      Acessibilidade na era dos Frameworks JS

      Como funciona a acessibilidade em Frameworks JS como Vue, Angular e React? Vamos olhar como os usuários com deficiência interagem com os sites utilizando tecnologias assistivas e quais são os cuidados que devemos ter ao utilizá-las.

    • 11:00 - 12:30 José Fernando Tavares

      Acessibilidade e semântica nas publicações digitais em formato ePub3

      Apresentação do formato ePub 3.2 e das suas características técnicas
      - Empacotamento
      - Conteúdo: HTML e CSS
      - Semântica
      - Acessibilidade
      Construção de uma publicação do zero
      Uso de um framework
      Prospectivas para o futuro das publicações digitais

    • 14:00 - 15:30 Marcelo Sales

      Aplicando a WCAG em projetos de inteligência artificial

      Vamos demonstrar que aplicar acessibilidade em projetos que envolvam inteligência artificial é muito mais simples do que possa parecer ao se fazer a correta interpretação da WCAG (e a ferramenta a ser utilizada é a versão impressa do "Acessibilidade Toolk" (http://www.acessibilidadetoolkit.com).

    • 16:00 - 17:30 Carolina Bigonha

      Desenhando projetos de dados e Inteligência Artificial

      Construir boas soluções de Inteligência Artificial depende de vários fatores que vão muito além dos dados. Neste workshop, entenderemos como funciona a implementação de projetos de Data Science de ponta a ponta. Colocando em prática uma metodologia desenvolvida pela Hekima, desenharemos soluções para um desafio real, passando por cada ponto relevante para a construção de uma solução robusta e centrada em pessoas.

    • 17:30 - 18:30 Andrea Romaoli Garcia

      O grande desafio para o Pacto Global após 2030

      Informações em breve.

  • Samantha

    • 08:00 - 09:00 credenciamento
    • 09:00 - 10:30 Sofia Marshallowitz Apuzzo

      Envenenando aprendizado de machine learning

      Até alguns anos atrás, os algoritmos de aprendizado de máquina simplesmente não funcionavam muito bem em muitas tarefas significativas, como reconhecer objetos ou traduzir. Assim, quando um algoritmo de aprendizado de máquina falhava em fazer a coisa certa, essa era a regra, e não a exceção. Hoje, os algoritmos de aprendizado de máquina avançaram para o próximo estágio de desenvolvimento: quando apresentados com entradas que ocorrem naturalmente , eles podem superar os humanos. O aprendizado de máquina ainda não atingiu um desempenho verdadeiro em nível humano, porque quando confrontado por um adversário trivial, a maioria dos algoritmos de aprendizado de máquina falha drasticamente. Em outras palavras, chegamos ao ponto em que o aprendizado de máquina funciona, mas pode ser facilmente quebrado.
      A atividade tem por objetivo discutir os conceitos de Machine Learning, e com uma visão mais hacker, abordar suas vulnerabilidades. Enganar uma ML não é algo tão complexo quanto deveria ser, e as consequências são extremamente prejudiciais. Um exemplo simples pelo qual todos nós já passamos é o de filtro de spam que trabalha com modelos estatísticos e que acaba por deixar passar e-mails maliciosos com termos positivos. De fato, quebrar um modelo é tão simples que, por vezes, os atacantes não precisam envenenar os dados de treinamento analisados ​​para aprender os parâmetros de um modelo de aprendizado de máquina. Em vez disso, pode-se forçar os modelos a cometer erros instantaneamente , apenas perturbando as entradas nas quais o modelo faz previsões (após a conclusão do treinamento - durante a fase de inferência).
      Uma maneira comum de encontrar perturbações forçando modelos a fazer predições erradas é computar exemplos contraditórios, por meio de imagens sujas com ruídos (estagnografia). Todas essas situações serão apresentadas, explicadas e discutidas na apresentação.

    • 10:30 - 11:00 pausa para o café
    • Em breve 11:00 - 12:30
    • 12:30 - 14:00 almoço
    • Felipe Do E. Santo

      Construindo cenas de realidade virtual na web em 10 minutos!

      Uma apresentação sobre os avanços do Framework A-frame para a criação de cenas de realidade virtual na web (webVR) e um resumo das iniciativas a Mozilla para promover essas tecnologias. A oficina apresentará a facilidade do A-frame para construção de soluções em poucos minutos e com poucas linhas de HTML, permitindo uma atividade prática de construir algumas cenas de realidade virtual do zero.

    • 15:30 - 16:00 pausa para o café
    • 16:00 - 17:30 Heloisa Candello

      Métodos de Design e Avaliação de Sistemas Conversacionais

      Os recentes avanços nas áreas de Inteligência Artificial, processamento de linguagem natural, e computação móvel, juntamente com a crescente popularidade dos ambientes de chat e mensagens, permitiram um crescimento na implantação de sistemas interativos baseados na conversa e diálogo. Este workshop explora a criação e avaliação de interfaces de conversação, aqui definidos como interfaces que dependem principalmente do diálogo entre agentes humanos e computacionais, tanto no uso da fala quanto do texto. O workshop apresenta o estado atual das interfaces de conversação e os conceitos básicos de tecnologia que permitem a criação de interfaces conversacionais, porém o foco maior é em métodos de design e avaliação de interfaces baseadas no diálogo ilustrados através de cases.

    • 17:30 - 18:30 Hendy Almeida

      CSS para PWA: o necessario para começar hoje

      O impacto na experiência do usuário e na escolha entre WEB x APP. Como começar a trabalhar com essa tecnologia, a evolução da web e as novidades em CSS e tecnologias em progresso.

  • Ava

    • Em breve 09:00 - 10:30
    • Em breve 11:00 - 12:30
    • Em breve 14:00 - 15:30
    • Em breve 16:00 - 17:30
    • Em breve 17:30 - 18:30

05 de outubro

  • Aida

    • 09:00 - 09:15 abertura
    • Palestrante - 05 de outubro
      09:15 - 10:15 Virgílio Almeida

      Impactos Éticos e Sociais da Computação Cognitiva

      Com a crescente digitalização da sociedade e com o avanço dos sistemas autônomos e inteligência artificial, novos desafios e oportunidades se colocam para a comunidade técnica, em especial no Brasil. ``Fake news’’, discriminação, restrição a direitos humanos são apenas alguns dos problemas que decorrem do avanço das tecnologias digitais. São problemas de natureza ética e moral que tem impactos sociais, econômicos e políticos. Por outro lado, há inúmeras possibilidades de impacto positivo, como os exemplos na áreas de saúde, mobilidade e entretenimento. Nesta palestra, discutirei alguns exemplos concretos de pesquisas em computação e áreas correlatas que ressaltam impactos na sociedade, como direito ao esquecimento, proteção de privacidade, ``surveillance’’ e algoritmos de classificação e priorização.

    • 10:15 - 10:45 pausa para o café
    • Palestrante - 05 de outubro
      10:45 - 11:00 Simone Freire

      Web para Todos: a transformação digital começa por você!

      Nesta palestra, vamos falar sobre o que é acessibilidade digital e como isso impacta diretamente a rotina dos desenvolvedores, web designers e conteudistas. É lei, é inclusão de dezenas de milhões de pessoas com deficiência na web, é melhor desempenho nos sites e apps, e é uma incrível oportunidade de você trabalhar com propósito.

    • Palestrante - 05 de outubro
      11:00 - 12:00 Léonie Watson

      Eu, humano

      As três leis da robótica de Asimov nos deram um conjunto de princípios para regular o comportamento da Inteligência Artificial (IA). Asimov também disse:
      "As Três Leis são a única maneira pela qual seres humanos racionais podem lidar com robôs - ou qualquer outra coisa. Mas quando digo isso, sempre lembro (infelizmente) que os seres humanos nem sempre são racionais!"

      Em "Eu, Humano", Léonie usa as Três Leis da Robótica para explorar o que significa ser humano com deficiência, em um mundo de IA e tecnologias inteligentes. Como as tecnologias inteligentes estão mudando a maneira como as pessoas com deficiência interagem com o mundo? Como projetamos interfaces de interação com a IA? Quais são os desafios que enfrentamos quando a inteligência artificial e as tecnologias inteligentes se tornam cada vez mais presentes em nossas vidas?

    • Palestrante - 05 de outubro
      12:00 - 13:00 Chaals Nevile

      Alimentando a fera – qual a importância dos metadados na era do machine learning?

      Um breve panorama sobre alguns dos grandes esforços para fornecer um significado que seja legível por máquina para a Web, do Dublin Core ao Schema.org, e como o aprendizado de máquina afeta o que vale a pena fazer e quais dados ainda são valiosos.

    • 13:00 - 14:30 almoço
    • Palestrante - 05 de outubro
      14:30 - 14:45 Antonio M. Moreiras

      Um em cada quatro internautas no Brasil usam IPv6. E o seu site ou serviço?

      Você já ouviu falar sobre IPv6? Ahhh... Sim, claro! Mas isso é coisa debum futuro incerto e distante! Não é? Nada disso... Não é mais. Enquanto no início de 2015 apenas 0,1% dos usuários Internet no Brasil navegavam via IPv6, hoje já são mais do que 25%. Chegaremos ao final de 2018 com pelo menos um em cada três internautas brasileiros utilizando IPv6. Sites como Google, Netflix, Facebook, Terra, UOL, Globo.com e outros prepararam-se há um longo tempo. E o seu site ou serviço? O IPv6 é a nova fundação de tudo que está na Internet. Não há como seguir com a construção de novos edifícios se a fundação não for sólida. A Internet e a Web, com todas as tecnologias que nos chamam a atenção, com IoT, WoT, computação cognitiva, blockchain, etc, precisam que o IPv6 se consolide. Você já fez sua parte?

    • Palestrante - 05 de outubro
      14:45 - 15:45 Thiago Cardoso

      Ética e Responsabilidade em Inteligência Artificial

      Vivemos hoje transformações que atingem todas as áreas das nossas vidas, com velocidade e intensidade jamais experimentadas antes. É uma revolução tecnológica que tem dados e IA como motor e um potencial de trazer benefícios e mudanças incontáveis à sociedade. Cientistas de dados do mundo todo estão construindo produtos, projetos, desenhando soluções e tomando decisões diariamente. Tornar tais tecnologias e aplicações éticas, conscientes e inclusivas são inteira responsabilidade das pessoas. Nessa palestra, vamos conversar sobre conceitos, boas práticas e desafios no uso de dados e Inteligência Artificial.

    • Palestrante - 05 de outubro
      15:45 - 16:45 Lucia Santaella

      O crescimento exossomático da inteligência humana

      O status atual de nossas mentes e corpos ciberneticamente estendidos é o resultado de um processo longo e gradual, que começou quando os humanoides se ergueram na posição bípede de um primata que gesticula e fala. Desde a constituição dos seres humanos, as ordens biológica e técnica evoluíram em simbiose. No processo de evolução do sapiens, tem havido um crescimento permanente do cérebro para fora do corpo orgânico e a ecosfera tornou-se cada vez mais inteligente, cheia de signos, marcada culturalmente, enfim, tornou-se um semiosfera em que a partilha de pensamentos, dispositivos tecnológicos, próteses sensórias e inteligentes, signos e linguagens atingiu um nível planetário.

    • 16:45 - 17:15 pausa para o café
    • Palestrante - 05 de outubro
      17:15 - 18:15 Peter Nordström

      Kits de Inteligência Artificial faça você mesmo e o aprendizado de máquina em dispositivos

      Com os kits de voz e visão do Google AIY (“inteligência artificial faça você mesmo”), o Google está disponibilizando o aprendizado de máquina para fabricantes, entusiastas, escolas, protótipos e outros. Isso ajudará a aumentar a compreensão da IA e a disponibilizar para um público mais amplo. Nesta palestra, você aprenderá sobre as plataformas atualmente disponíveis do Google e o futuro da AIY (Artificial-Intelligence-Yourself). Você também terá a chance de experimentar os kits em primeira mão.

    • 18:15 - 18:30 encerramento

tradução simultânea | Palestrante

Atividades

 

04 e 05 de Outubro

São Paulo - Brasil

Centro de Convenções Rebouças

Faça a sua inscrição e fique por dentro das inovações e tendências Web com os melhores palestrantes nacionais e internacionais!

A Web.br é o local perfeito para trocar experiências e ficar por dentro das novidades do mercado.

COMPRE SEU INGRESSO!

5º lote: R$ 310,00

Sobre a
conferência

 

A Web.br nasceu em 2008 para liderar discussões sobre tecnologias abertas da Web, e mostrar, no contexto brasileiro, os principais temas abordados no mundo sobre o avanço Web como Plataforma.

A Conferência, criada pelo W3C Brasil, e atualmente organizada e realizada pelo Centro de Estudos de Tecnologias Web - Ceweb.br, departamento do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR - NIC.br, é o momento mais importante do ano na discussão, apresentação, debate e networking da comunidade Web do Brasil, porque é durante a Web.br que se discutem os rumos da plataforma para o futuro

Este ano, a Conferência traz o tema da “A Web na era da Computação Cognitiva”, que busca responder questões como: O que isso mudará na rotina de desenvolvimento? Quais são os novos produtos que surgem a partir dessa abordagem?

É importante que a comunidade embarque nessa discussão e debata os impactos de projetos na Web que aproximam o algoritmo do aprendizado humano, de sistemas cognitivos de processamento de imagens, entre tantos outros.

Faça parte desse movimento. Participe da Conferência 2018!

Edições anteriores

Ilustração de neuronios

Localização

 

Centro de Convenções Rebouças

Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 23. 05403-000. São Paulo - SP

O Estacionamento no local é pago e de responsabilidade do participante. A entrada de veículos é pela Avenida Rebouças, 600.

Confira o Guia de Sobrevivência criado para auxiliar os participantes fora da cidade com dicas sobre transporte e hospedagem.

Notícias

 

Redes Sociais

 
Imagem noticia http://pbs.twimg.com/profile_images/580134132639993856/ULjpB0be_normal.jpg

Ceweb.br

Em workshop na #Webbr2018 Hendy Almeida (@digitalhouseBR) vai mostrar na prática como desenvolver em Progressive We… https://t.co/vUUlNXgUvj

Imagem noticia http://pbs.twimg.com/profile_images/770950091507138561/ElEUD5FS_normal.jpg

Pedro Mezgravis

RT @cewebbr: Últimos dias para se inscrever na #Webbr2018, que apresentará tendências e avanços da Web na Era da Computação Cognitiva. Gara…

Assine a
newsletter

 

Fique por dentro das novidades do evento!

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba atualizações de agenda, novos palestrantes, informações sobre inscrições e muito mais!

Seja um
patrocinador:

A sua empresa deseja patrocinar ou apoiar a edição 2018 da conferência Web.br? Fale com a gente!

organização

Centro de Estudos sobre Tecnologias Web Acesse o site do NIC.br Acesse o site do CGI.br

apoio

Acesse o site do W3C
Imagem do rodapé